MINHA EXPERIÊNCIA NA ÁREA EDUCACIONAL COM AS AULAS AO VIVO ON LINE

Minha paixão pela educação já não é de hoje!!

Desde que tentei iniciar na área, no início dos anos 2000, minha vontade de lecionar já era enorme!

Estava terminando minha graduação em Psicologia e estava com a energia em alta, muito conhecimento adquirido num curso maravilhoso e transformador!

A empresa onde tralhava na época incentivava a nossa capacitação para atuar com treinamento. Desde aquela época já éramos estimulados a ter a formação continuada, buscar a formação transversal! Num dos cursos que frequentei, ganhei da organização do curso o livro “Tratado da Transversalidade! Foi um momento muito importante da minha vida e da minha história na educação.

Pelo contato que tive com a prática de lecionar, pensava “Estar no tablado, mantendo contato com retroprojetor, flipchart e lousa é o meu maior sonho!

Minha história na empresa foi muito interessante!

Apesar de não atuar em sala de aula, já que a área que não tinha nada de prática educacional. Eu atuava no departamento pessoal, respondia pela folha de pagamento de pessoal nessa grande empresa. Como o segmento de atuação dessa empresa era o segmento educacional, comecei a pensar em como ingressar na área de cursos e dar uma mudada na minha carreira.

Já estava atuando com recursos humanos tinha 20 anos!

Pensei – Já está na hora de mudar!

Buscar novos desafios fora das mesas de um escritório, do departamento pessoal.

Sai dessa empresa!

Sou muito grato por tudo que ela fez por mim!

Entre outras coisas ela aguçou minha curiosidade por lecionar, por ir em busca de meus sonhos, principalmente de me tornar professor!

Anos depois, me tornei professor! Finalmente comecei a lecionar, senti muito orgulho!

Era a realização de um sonho, uma conquista profissional muito importante em minha carreira.

Várias pessoas me ajudaram a concretizar esse sonho e nomeá-las seria injusto, poderia esquecer de alguém.

Numa retrospectiva, o início dos anos 2000 ainda tinha uma forma tradicional lecionar, de dar aula!

Na instituição que comecei a lecionar, os recursos para dar aula eram os tradicionais lousa, tablado, retroprojetor, slides, apostila, xerox de “cases”, texto de apoio para atividades!!!!

Raras eram as ocasiões que tínhamos oportunidade de utilizar recursos como o Datashow. Ainda era artigo de luxo na maioria das escolas, inclusive universidades.

Em paralelo ao ensino presencial, começava a despontar o EAD. No geral, ainda pouco se falava no ensino superior das aulas em EAD!

As poucas ofertas de curso em EAD que existiam ofereciam o acesso à plataforma, a leitura textos-base, fórum e chat.

0 EAD ainda era uma novidade na área educacional.

Encontrava muitas resistências, tanto de alunos quanto das instituições. Isso provocava ainda baixa oferta de cursos. Poucos de nós professores era convidado a lecionar nessa modalidade.

Se analisarmos o contexto onde os cursos em EAD eram oferecidos, tratava-se de um período onde o estímulo à matrícula no ensino superior presencial era gigantesco.

O governo promovia incentivos ao ingresso na faculdade, com subsídios de mensalidades, contratos de empréstimos para pagamento após formado, além da ampliação da oferta de cursos presencias, graças ao ingresso no mercado educacional brasileiro dos grandes players da educação mundial e também entrada de fundos de investimentos.

A prosperidade na área universitária nunca tinha chegado nesses níveis!

Portanto, os alunos eram estimulados a realizar o curso presencial, a infraestrutura era abundante.

A oferta de aula para nós professores era generosa, não ficávamos sem aulas.

O EAD crescia timidamente, com uma pequena quantidade de alunos que realizavam, muitas vezes por limitações diversas. Provavelmente essa seria a única forma de ter uma graduação.

Passados tanto tempo, o cenário mudou!

O EAD se estruturou!

A instituição começou a capacitar seus professores!

Comecei a fazer cursos sobre videoaulas, participei de treinamentos formatados de acordo com a necessidade da instituição.

Participamos de oficinas, foi desenvolvido tutoriais! Confesso que gostei muito dessa experiência! Estava ótimo, capacitação, estrutura, aulas no EAD. Um cenário animador! Muitos professores não gostaram! 

A instituição desenvolveu admirável estrutura tecnológica! Em paralelo ocorreram  demissões em grande escala! Centenas de professores que entraram na mesma época que eu, perderam seu emprego.

A demanda pelo EAD era gigantesca. A instituição acompanhou o mercado e contratou tutores para acompanhar seus alunos. Nós professores, fomos substituídos nas aulas de EAD. Ficamos somente com as aulas presenciais!

Nesses tempos de pandemia o EAD e a aula On Line ao Vivo tornaram-se excelentes opções para continuar os estudos nessa pandemia!

Muitas instituições de ensino, públicas e privadas, no mundo inteiro, adotaram essa modalidade de ensino! Outrs escolas estão fechadas até o dia que publico essa postagem! Escolas fechadas por conta de políticas preventivas de isolamento social e quarentena. Alunos sem aula e sem a possibilidade de continuar seu aprendizado!

Mesmo no retorno gradual e progressivo, com a retomada das atividades, governos e autoridades dizem que parte das aulas continuarão sendo em ensino remoto.

Pois é meus leitores e eu fiz e faço parte dos milhares de professores que lecionou no ensino on line ao vivo durante essa pandemia!

Que experiência!

Foi transformador!

Nunca pensei que ia passar por esse momento:  minha aula transmitida para meus alunos, pelo celular, ao vivo, todos em suas casas e eu transmitindo da minha casa.

Com um conteúdo previamente definido, material de apoio preparado, plataforma de ensino conectada, sistema de transmissão pela internet mediado por um aplicativo de videoconferência, pontualmente iniciava minha aula.

Via a cada minuto novos alunos chegando, cumprimentando, contando as novidades, até finalmente a aula começar!

No início foi difícil!

Parecia que estava sozinho, falando para ninguém!

Numa explanação guiada por powerpoint, imagens, fórmulas, tarefas, ia avançando o conteúdo!

Periodicamente perguntava se estavam entendendo, se estava clara minhas explicações! Alguns “ok” – outros “sim” e outros “pode ir adiante” apareciam no chat da aula!

E o silêncio prevalecia!

Único som: o da minha voz!

Únicas palavras, as monossilábicas já relatadas!

E quando chegava a hora da leitura da atividade do dia, transmitia e aguardava a entrega por e-mail, ou pela plataforma!

E quando atingia o horário mínimo para liberação da chamada, passados 30 segundos já não estava mais quase ninguém logado na aula!

Pensava comigo:

“- Caramba, preciso fazer algo diferente para dinamizar essas aulas ao vivo! Só a explanação e o powerpoint, tá ficando esquisito!!!!”

E posso te dizer, essa foi a minha maior angústia lecionando no ensino on line ao vivo!

Foi um desafio tornar as aulas, os momentos de ensino-aprendizagem, mais prazerosos, interessantes, e transmitir ao aluno!

Passei a modificar a forma, invertendo a maneira de dar aula!

O aluno precisava ser o protagonista nesse tipo de aula. Então pedi para trazer sua experiência, seu entendimento do assunto da aula. Foi gratificante.

Foi uma grande virada no jogo!

A partir dessa nova atitude, as aulas ficaram melhores, os puderam expor maior criatividade e liberdade em conteúdo programado para cada aula!

Te digo, parece que estava desempenhando meu trabalho numa nova profissão, que estava participando de uma nova maneira de se adquirir conhecimento!

Aula ao vivo on line, o futuro antecipado para nosso presente!

Legado dessa pandemia, que transformou o mundo!

Gostei tanto dessa experiência, que deixei ela registrado no meu blog, para quando tudo passar, recordar e relembrar de momentos tão significativos da minha vida profissional!

Quer saber mais, quer deixar seu depoimento! Escreva! Sua opinião é importante para mim!

Arnaldo Pereira dos Santos

Psicólogo e Coach  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *